Convite a quem nos visita

sábado, 19 de setembro de 2009

Semeador

Porque estamos em tempo de recomeços... Eles são a escola, a catequese e tantas as actividades sociais que funcionam com base no ano lectivo. Coragem, para todos os que estão implicados nesses recomeços... Por isso, vos dedico este belíssimo poema do saudoso e grande Miguel Torga.
Semeia contra o presente.
Semeia como vidente
A seara do futuro,
Sem saber se o chão é duro
E lhe recebe a semente.
«Sem saber se o chão é duro»…
«Sem saber»…
Sem saber porquê não cuida de saber,
Sem saber porquê não se interessa em saber,
Sem saber porquê não lhe compete saber…
Pois o papel do semeador,
A tarefa do semeador,
A missão do semeador
É, simplesmente, semear…
Miguel Torga

1 comentário:

Susana disse...

É sempre bom ler os seus pensamentos!
Muito obrigada pela força!
Pode sempre contar comigo!
Um abraço
Susana