Convite a quem nos visita

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Procure-se os responsáveis

Pergunta trazido pelo vento esta manhã: quem são os responsáveis dos estragos provocados pelo mau tempo na Madeira, especialmente, em São Vicente?
Só há uma resposta, os Madeirenses que, consecutivamente, durante estes anos todos foram votando num mesmo partido político e em políticos irresponsáveis que não se importam com o futuro de todos, mas só e apenas, em saciar a fome do lucro e da ganância deles próprios e do séquito que os rodeia... Lamentável o presidente da Câmara de São Vicente dizer perante as câmaras de televisão que a culpa dos estragos não eram das obras que se fizeram no leito da ribeira e muito menos culpa tinha um estaleiro ou britadeira que funciona no centro da ribeira. Estes sim, cegos a conduzir outros cegos. E assim se dança o bailinho na terra do «povo superior»...
Salvaguarda: Este foi mais um aviso. Outras desgraças deste género irão acontecer, porque todas as principais ribeiras da nossa terra estão afuniladas e desrespeitados os seus leitos até à exaustão, quem puder que se cuide ao máximo, porque com a natureza não se brinca e todos nós já devíamos saber isso muito bem. Seria também muito bom dar mais atenção às palavras sábias do nosso melhor especialista nestas coisas do ambiente, Dr. Raimundo Quintal. Um grande profeta do nosso tempo que as autoridades deviam dar muita atenção. Bem haja Dr. Raimundo Quintal pelas suas palavras sábias, pela desenvoltura e pela coragem.

2 comentários:

tukakubana disse...

Na Ma(ma)deira só se ouve uma voz a favor da Natureza e da salvaguarda do património público que são as ribeiras, as florestas, os recantos naturais: Raimundo Quintal.
Tenho pena dos que sofreram os estragos materiais e morais e também tenho pena que não haja uma LEVADIA que levasse o governo regional e todos os seus correlegionários, deputados e a corja de subservientes que têm arrasado esta terra.É véspera de Natal, eu sei, mas as portas do inferno continuam abertas...

Anónimo disse...

Padre José Luis tem toda a razão é pena é que o Bispo denuncie os atentados feitos contra a natureza e nem só mostre solidariadade em vez de condenar e ser uma voz inquientante em tempo de natal. Mais uma vez é uma voz acomodada. É natal para alguns para outros é desespero.
Rogerio Pestana