Convite a quem nos visita

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Morreu Rosa Lobato Faria

Escritora, actriz e letrista portuguesa. Rosa Lobato Faria tinha 77 anos e estava internada há uma semana.
Morreu a 2 de Fevereiro, a escritora e actriz portuguesa Rosa Lobato Faria. Uma das caras mais conhecidas dos ecrãs portugueses, Rosa Lobato Faria tinha 77 anos e estava internada há uma semana com uma anemia grave, noticia a Antena 2. Há mais de meio ano que a artista sofria de complicações, na sequência de uma cirurgia motivada por uma infecção intestinal.
Conhecida pelos vários papéis em séries televisivas como A Minha Sogra é uma Bruxa , no elenco da primeira novela portuguesa, "Vila Faia" (1983), Humor de Perdição (com Herman José) ou Nem o Pai Morre Nem a Gente Almoça , Rosa Lobato Faria participou também em vários filmes e deixa numerosos romances publicados.
Do percurso de Rosa Lobato Faria destacam-se ainda as letras escritas para canções como "Amor de Água Fresca", "Chamar a Música", "Baunilha e Chocolate" e "Antes do Adeus", todas premiadas com o primeiro lugar em nas respectivas edições do Festival da Canção.
A escritora (poeta e romancista) e actriz nasceu em Lisboa em abril de 1932. O seu primeiro romance, "O Pranto de Lúcifer", foi editado em 1995, mas publicara já antes vários volumes de poesia - como "Os Deuses de Pedra" (1983) ou "As Pequenas Palavras" (1987). O essencial da sua poesia está reunido no volume "Poemas Escolhidos e Dispersos" (1997). Em 1999, na ASA, publica "A Gaveta de Baixo", um longo poema inédito acompanhado por aguarelas do pintor Oliveira Tavares.Como romancista publicou ainda "Os Pássaros de Seda" (1996), "Os Três Casamentos de Camilla S." (1997), "Romance de Cordélia" (1998), "O Prenúncio das Águas" (1999, que foi Prémio Máxima de Literatura em 2000) e "A Trança de Inês" (2001). Escreveu também "O Sétimo Véu" (2003), "OsLinhos da Avó" (2004), "A Flor do Sal" (2005), "A Alma Trocada" (2007) e "A Estrela de GonçaloEnes" (2007), além de ter assinado vários livros infantis. Os dois primeiros romances tiveram tradução na Alemanha e "O Prenúncio das Águas" foi publicado em França pelas Éditions Métailié. O seu último livro, "As Esquinas do Tempo", foi publicado em 2008 pela Porto Editora.
Nota: Condolências a toda a família, amigos e todos os que beneficiaram da sua obra. Paz à sua alma, que descanse em paz para toda a eternidade...

Sem comentários: