Convite a quem nos visita

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Jesus Cristo e nós

São Paulino de Nola (355-431), bispo Carta 38, 3-4: PL 61, 359-360
«No mundo, tereis tribulações; mas, tende confiança: Eu já venci o mundo!» (Jo 16, 33)
Desde a origem do mundo que Cristo sofre em todos os Seus. Ele é «o princípio e o fim» (Ap 1, 8); escondido na lei, revelado no Evangelho, Ele é o Senhor «sempre admirável», que sofre e triunfa «nos Seus santos» (2Ts 1, 10; Sl 67, 36 LXX). Em Abel, foi assassinado pelo irmão; em Noé, foi ridicularizado pelo filho; em Abraão, conheceu o exílio; em Isaac, foi oferecido em sacrifício; em Jacob, foi reduzido a servo; em José, foi vendido; em Moisés, foi abandonado e rejeitado; nos profetas, foi lapidado e dilacerado; nos apóstolos, foi perseguido em terra e no mar; nos Seus inúmeros mártires, foi torturado e assassinado. É Ele quem, ainda hoje, carrega a nossa fraqueza e as nossas doenças, porque Ele é o verdadeiro homem, exposto por nós a todos os males e capaz de tomar a Seu cargo a fraqueza que, sem Ele, seríamos totalmente incapazes de suportar. É Ele, sim, é Ele que carrega em nós e por nós o peso do mundo para nos libertar dele; e assim, é «na fraqueza que a Minha força se revela totalmente» (2Cor 12,9). É Ele que em ti suporta o desprezo, é Ele que este mundo odeia em ti.

1 comentário:

tukakubana disse...

Gostava, nos meus dias "NÃO" de poder recordar todas estas palavras-impossível! E é pena que o acumular dos-dias-a-dias não nos (me) deixe descomprimir com o pensamento elevado. Do mal o menos - Deus revela-se nas pequenas coisas e aí O vou descobrindo...