Convite a quem nos visita

sábado, 31 de julho de 2010

António Feio

"Se pudesse matava o bicho com o meu humor."
Esta frase de António Feio, actor falecido por estes dias, expressa bem o seu modo de viver e a alegria com que embelezou a sua vida e a dos outros.
A seguir demonstra como se pode descontrair perante os impossíveis da vida. Não posso… Mas, se pudesse… Vencia com o que sou e com o que fiz ao longo da vida. Bom, não sendo possível vencer, fique-se a derrota por agora, porque a perda é tão importante na vida como o ganho. É nessa contradição que Deus se manifestou e revelou a vitória da vida sobre a morte. É disso que se trata a esperança Cristã.
Morreu a matéria, que por mais importante que seja sabemos ser limitada e a prazo. Porém, ficará a memória da festa e do humor como tempero essencial para continuar esta vida até à nossa hora, o nosso momento derradeiro. Certo como esta luz que nos ilumina. E não saber isso, nem que seja por alguns instantes, é muito importante, para que não se viva na ilusão nem muito menos na ganância de tudo possuir como se o fim não fosse, afinal, para todos.
Fica o lema antigo, que António Feio renova nesta frase: "Aproveitem a vida". Isso mesmo, o que devemos procurar fazer sempre. Porque o sucesso da vida está nas nossas mãos.
Um obrigado grande ao Actor António Feio pela alegria que provocava com as suas palavras. O humor era a sua arma que soube usar com mestria.
Muito bem, missão cumprida. Paz à alma de António Feio.

José Luís Rodrigues

4 comentários:

JORDAS disse...

A verdade é que a vida só tem valor se vivida com desapêgo e doação.
O humor era a marca deste homem.
Estará na mão de Deus. Pois Deus é um Ser deste sempre humorado.
O humor foi a maior dádiva de Deus ao homem, despois da vida.

tukakubana disse...

A sua reflexão sobre o António Feio, e a ligação que faz à perspectiva Cristã e sobre o modo como ele enfrentou mais a vida que a doença, vem ao encontro do que eu hoje comentava com o meu marido e que posicionava o caso como antagónico à perspectiva Cristã. Ou seja: são já muitas as vezes que ouvi presbíteros CAR (católicos,apostólicos,romanos) dizer que só NA perspectiva Cristã existem forças para enfrentar a adversidade. Pelo caso presente não foi assim e, segundo todos os seus amigos e pelas qualidades referidas, António Feio tinha todo o perfil que se requer a um Cristão. Poderão dizer: faltava-lhe a crença. Faltaria?

Poeta del Cielo disse...

Grande maneira de viver a vida que en vida ele consiguio viver con humor elevar seu espiritu ao ceu levando alegria ao mundo....

Grande homenagem....

Saludos Padre....

Muito obrigado pela visita a meu humilde espaco... y pela sua presenca nele como seguidor de verdade e tudo un honor ter vc entre meus seguidores y esperando goste de minhas humildes sentires...

Saludos
Abracos

Obrigado

PASSAGEIRA disse...

A sua frase é suprema e há quem a leve apenas como mensagem, por jamais ter sabido conhecer o "viver".

"Porque o sucesso da vida está nas nossas mãos."

Que Deus nos guarde na sua luz e leve ao espírito dos que os têm, a certeza de que somos apenas....breves passageiros do tempo.

Abraços...