Convite a quem nos visita

domingo, 24 de outubro de 2010

O que dá andar só a contar estrelas

Sherlock Holmes e o Dr. Watson acampavam na floresta. Estavam prestes a adormecer, deitados sob o céu estrelado, quando o detetive perguntou ao seu assistente: «Watson, observe: o que é que vê?».
«Vejo milhares e milhares de estrelas.»
«E o que é que isso quer dizer para si, Watson?»
«Quer dizer que, entre todos os planetas do universo, somos verdadeiramente afortunados por estar aqui na Terra. Somos pequenos aos olhos de Deus, mas muito especiais para o seu coração.
E para si, Holmes, o que significa?»
«Significa que alguém roubou a nossa tenda!»
Nota da redacção: Este pequeno episódio revela como a nossa vida anda. A nossa Igreja Católica, entretem-se a declarar que um boneco animado é católico e faz com isso um grande acontecimento. Noutras paragens vai adiante o folclore religioso com tapetes de flores para os hierarcas passarem como se fossem o Santíssimo Sacramento. Os discursos continuam muito distantes da vida concreta das pessoas. O negócio do religioso para alguns não entra em crise. Mas, ao lado de tudo isto, as famílias apertam o cinto e fazem tripas coração para matar a fome e cumprir os seus deveres para levar adiante o seu lar. Os jovens suicidam-se porque perderam a esperança e ninguém lhes falou do sentido da vida. Os governos não sabem fazer outra coisa senão mentirem e criarem leis para sugarem os rendimentos familiares quanto mais podem. Os pobres ficam mais pobres. As obras para minorarem as consequências das intempéries entre nós, continuam a serem um bom negócio para alguns, os clientes habituais. A nossa cidade enche de água quando chove um pouco fora do normal... Ora bem, vamos continuar a olhar para as estrelas? - Cuidado com a tenda.

2 comentários:

tukakubana disse...

é verdade este ano tem sido profícuo em folk religioso. Os Beatles foram arrancados ao inferno para onde tinham sido jogadas há décadas, por Bento XVI.O mesmo que proclama o catolicismo de um desenho animado que até pode divertir alguns mas não tem exemplos que se aproveitam. Onde foram baptizados os Simpsons, terá sido o próprio papa a fazê-lo? Talvez numa mega cerimónia na Capela Sistina...
O povo vai olhando a opulência, a arrogância, a "acaridade" e olha para o Jesus de Nazaré que, se hoje viesse à terra não usava chicote; talvez bomba atómica e isto se não O matassem primeiro!
É duro tecer estes comentários mas é mais duro ver uma Igreja de faz de conta, que desfila, prega e deixa tudo esburacado....
"Senhor, tende piedade de nós!"

Paróquia Nossa Senhora Aparecida - Vila Rubim Cambará disse...

Olá, Padre!Este texto é duro e paradoxal... Uma certa ocasião um padre brasileiro estava desanimado dizendo que ninguém queria mais seguir a sua igreja. Na verdade ele estava atrás de "ofertas" e na parcimônia que sempre houve por cá, as esmolas eram poucas... Aí, eu lhe disse: Padre, não acredita no Espírito Santo e na espiritualidade da Igreja? Ficou sem graça mas continuou meu amigo...Damos muito valor corretamente a obras sociais mas esquecemos o tesouro da oração. Mas, nesta época atribulada, quem quer mortificação?