Convite a quem nos visita

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

O ADVENTO - VIGIAI

A partir deste Domingo, até ao dia 24 deste do mês de Dezembro, vamos celebrar um tempo muito especial, o Advento. Esta palavra significa vinda ou chegada. A Igreja manda, que durante este tempo, nós cristãos façamos uma preparação especial para receber Aquele que vem no Natal, Jesus Cristo, o salvador da humanidade.
Por ser um tempo de preparação a palavra que mais palpita agora é a esperança, como a mulher que está grávida e algumas vezes dizemos que está de esperanças. Por isso, o Advento é esse tempo de gravidez interior, quando o nosso coração se reveste com essa palavra tão forte e tão necessária para a vida, a ESPERANÇA.
A vida sem esperança não tem sentido nenhum, por isso, vamos fazer deste tempo do Advento o melhor tempo para procurar forças e todos os caminhos que nos levem ao encontro da esperança. A esperança é a luz de toda a vida, luz para o desespero perante os problemas, luz para deixar o coração ser mais generoso e aberto à partilha solidária, luz para quando os outros nos querem destruir e nos fazem muito mal, luz para a injustiça no trabalho, luz para a desobediência dos filhos perante a palavra amiga dos pais, luz nas trevas da doença e da morte, luz para a tristeza que é ver alguém mutilar-se com a droga, o álcool, luz para o domínio da soberba e do egoísmo, luz para toda a forma de injustiça e contrariedade que esta vida contém.
Vamos então procurar a esperança, porque ela é o melhor remédio para todas as doenças e de modo especial a febre da crise, que de tanto se falar nela, vai consumindo cada um de nós pelo medo e pela incerteza em relação ao futuro. Neste ambiente falta dizer bem alto as razões da nossa esperança. Deixemos Cristo acender essa a luz dentro de nós. O Advento serve para isso. A esperança conjuga-se em Jesus com a vigilância. Que o nosso coração se aqueça com a chama da esperança em relação ao futuro cheio de amor que Deus nos oferece. Nisto consiste o vigiar de Jesus, assumir a vida toda como dádiva do amor e fazer dessa dádiva uma oferta de felicidade para si e para outros. Quem assim proceder não se surpreenderá com a chegada de Deus, porque se preparou devidamente. Bom Advento para todos.
JLR
Imagem em: manancialdeluz.blogspot.com

1 comentário:

José Ângelo Gonçalves de Paulos disse...

Padre José Luis, novamente um lindo texto que dá para reflectir neste fim de semana de preparativos para o Natal. Li há anos um livro de Gilbert Cesbron "Cães Perdidos sem Coleira" ou "Os santos vão para o Inferno" e o autor num deles dizia isto: "Foule esclave debut debut" . Que actualidade deste livro que li há mais de 40 anos. Passámos por diversas revoluções -A Primavera da Checoslováquia, O desmoronamento da URSS,O Segundo Concílio do Vaticano, o Maio de 68 o nosso "25 de Abril" o Fim do Apartheid, a eleição de um mulato para América do Norte e hj podemos dizer a queda do Capitalismo. Há democracias em quase todos os países, mas o ser humano continua igual ou pior.Sem esperança. Vivemos uma época cheia de incertezas porque persiste a célebre frase de Hobbies "Homo,homini lupus" . perante isto agarramo-nos aos Evangelhos não que tenhamos a visão dicotómica de céu e de inferno, mas, como crente, ser um sinal de esperança , de fé em Deus e nos Homens e Mulheres do nosso tempo. Ser um sinal de contradição num mundo totalmente consumista,hedonista e, consequentemente, desumano. O advento deveria ser uma preparação para uma outra forma de ser cristão e de ser homem e mulher .O tal nascer de novo tal como Jesus disse a Nicodemos.Isto é, a Revolução das Mentalidades tão querida por Eça de Queiroz.É preciso revolucionar isto tudo.Porque o mundo está doente. Vem Senhor Jesus!