Convite a quem nos visita

sábado, 11 de dezembro de 2010

Instale idosos nas prisões e os infractores em lares

Nota da redacção: texto recebido por mail. Não diz quem é o autor. Quem escreveu teve uma grande ideia e se levada a prática traria grandes benefícios para a nossa sociedade. Pessoalmente, só acrescento que aos presos não se tirasse tudo o que lhes dão, mas que aos nossos idosos fossem dadas todas estas condições e outras adaptadas às suas necessidades motoras. Se é belo o sorriso da criança quando está satisfeita, como é igualmente belo o sorriso do idoso, porque lhe fizemos corresponder qualquer sinal cheio de carinho e amor...
Deste modo, os nossos idosos têm acesso a um chuveiro, passeios, medicamentos, exames odontológicos e médicos regulares.
Poderão:
Receber cadeiras de rodas, etc.
Receber dinheiro em vez de pagar o seu alojamento.
Ter direito a vídeo vigilância contínua, permitindo que imediatamente receba assistência após uma queda ou outra emergência.
Ter limpeza do quarto, pelo menos duas vezes por semana, roupas lavadas e passadas regularmente.
Ter a visita de um guarda a cada 20 minutos e podem receber refeições directamente no seu quarto.
Ter um lugar especial para atender a família.
Ter acesso a uma biblioteca, sala de ginástica, fisioterapia e assistência espiritual, bem como a piscina e até mesmo ensino gratuito.
Ter pijamas, sapatos, chinelos e assistência jurídica gratuita, mediante pedido.
Ter quarto, casa de banho e segurança para todos, com um pátio de exercícios, rodeado por um belo jardim.
Deste modo cada idoso teria direito a um computador, rádio e televisão.
Teria um "conselho" para ouvir denúncias e, além disso, os guardas terão um código de conduta a ser respeitado!
Agora vem o pensamento:
Politicamente é correcto dar condições de existência digna a todos, mesmo aos reclusos.
Agora, o que não é admissível é a inversão dos valores em que se assiste à defesa dos mais fortes contra o desleixo em relação aos que não se conseguem defender, como é o caso dos idosos e doentes.
Além do mais, é imoral que a sociedade se preocupe mais com aqueles que a não respeitam, que a atacam a cada dia e que a subvertem.
Que tal se sentem os que passaram uma vida a trabalhar para receberem umas migalhas em troca, na sua velhice e sejam atacados directamente por aqueles a quem têm de sustentar???
A vida não é justa... mas não é necessário exagerar …

3 comentários:

Donato Macedo disse...

Olá amigo. É de facto um texto curioso...Mas penso que os reclusos votam. Dentro e fora das prisões, quem sabe um dia mais tarde. Os idosos, talvez "votaram mal" a vida toda...Provavelmente a mesma conclusão que teremos, quando chegarmos (se chegarmos), à sua venerável idade.

José Luís Rodrigues disse...

É verdade amigo. Não tinha visto pela perspectiva do voto. Também tens alguma razão. E esperamos, se chegarmos lá, a essa etapa da vulnerabilidade da idade, que prisões e lares sejam lugares que reúnam todas as condições necessárias para receberem pessoas. Inevitavelmente, a humanidade tem que caminhar para o melhor e na questão dos idosos, tem que pensar seriamente nisso.

Marilu disse...

Querido amigo, belíssimo texto para reflexão. Tenha um lindo final de semana. Beijocas