Convite a quem nos visita

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Comentário à Missa do Próximo Domingo

30 de Janeiro de 2011
Domingo IV Tempo Comum
AS BEM-AVENTURANÇAS - O Sermão da Montanha
O Sermão da Montanha do Evangelho de Mateus é o texto mais importante do Novo Testamento. Aqui estão expressos os principais conceitos do cristianismo e contém, sem dúvida, a síntese da mensagem de Jesus. Afirmava Mahatma Gandi que se toda a literatura ocidental se perdesse e restasse apenas o Sermão da Montanha, nada se teria perdido.
O Sermão começa com as Bem-aventuranças, que são a síntese dos passos da iniciação cristã, que é o processo de evolução do espírito na sua jornada terrena. Aqui estão descritos, de um modo impressionante e com uma clareza cristalina, os passos que o homem/mulher devem seguir para chegar ao Reino dos Céus.
Consiste na afirmação do passo iniciático, seguido da afirmativa que se refere à consequência desse passo. Seguem uma ordem ascendente. Os passos são citados iniciando a condição terrena e material, que leva o espírito encarnado até à sua libertação da cadeia evolutiva deste Eon. Inicia, pois, com o Homem terreno, puramente materialista, que vive exclusivamente da matéria.
1. Os pobres de espírito, a vida não é só matéria.
2. Os que choram e sofrem, as coisas do mundo não dão satisfação plena.
3. Os humildes ou mansos, quem tudo quer tudo perde, quem não pensa só em si, mas também nos outros, Deus está com ele.
4. Os que têm fome e sede de Justiça, quem não se acomoda com as coisas más procura fazer tudo pela justiça e pelo amor.
5. Os misericordiosos, a verdadeira Misericórdia vem depois da Justiça. Só é misericordioso quem for Justo, fora disto temos pena e dó dos nossos semelhantes, por egoísmo.
6. Os puros de coração, são os que vivem sempre e de acordo com a vontade de Deus.
7. Os que fazem a paz, sem a paz não há felicidade.
8. Os que sofrem perseguição por causa da Justiça, Cristo é o exemplo.
9. Vós, quando vos injuriarem, perseguirem e mentirem, dizendo todo o mal contra vós por minha causa, a glória do cristão está no sofrimento que sente por causa do projecto do Reino que anuncia.
JLR

2 comentários:

tukakubana disse...

Sempre achei que o Sermão da Montanha deveria ser o decálogo dos Cristãos. É mais fácil cumprir os Mandamentos do que ser fiel ao Sermão da Montanha.
Pena que hoje a Igreja distraia os fiéis com uma quase fabricação sucessiva de santos, a que as pessoas se apegam, esquecendo o sermão da Montanha e o Calvário.

Paróquia Nossa Senhora Aparecida - Vila Rubim Cambará disse...

Bem dito "tuka..."!...A chance de colocar em prática essas verdades sublimes aparecem em cada esquina...
Só o desprendimento e renúncia interiores conseguirão enraizar a sua prática...