Convite a quem nos visita

segunda-feira, 21 de março de 2011

A confissão dos pecados (2)

Isaac o Sírio (século VII), monge perto de Mossoul, santo das Igrejas ortodoxas Discursos, 1ª série, n°34 (a partir da trad. cf Touraille, DDB 1981, p. 215)
«Sede misericordiosos como o vosso Pai é misericordioso.»
Irmão, recomendo-te isto: que a compaixão tenha sempre a supremacia na tua balança, até que sintas em ti a compaixão que Deus demonstra para com o mundo. Que este estado se torne o espelho no qual vemos em nós a verdadeira «imagem e semelhança» da natureza e do ser de Deus (Gn 1,26). É por estas coisas e por outras idênticas que recebemos a luz, e que uma clara resolução nos leva a imitar Deus. Um coração duro e sem piedade não será nunca puro (Mt 5, 8). Mas o homem compassivo é o médico da sua alma; como que por um vento violento, ele afasta para fora de si as trevas da sua mágoa.
Nota: Eis uma forma de reconciliação com Deus, consigo mesmo e com os irmãos...

Sem comentários: