Convite a quem nos visita

terça-feira, 17 de maio de 2011

Uma lenda índia

Nestes tempos em que os casamentos se desmoronam facilmente, em grande número, vamos captar a mensagem desta lenda curiosa dos índios.
Touro Bravo e Nuvem Azul foram à tenda do feiticeiro da sua tribo e disseram:
- Nós amamo-nos tanto que queremos alguma coisa que garanta que ficaremos unidos até à morte. Há alguma coisa que possamos fazer?
O velho feiticeiro, ao ver aquele casal de jovens apaixonados, disse:
- Há uma coisa difícil de fazer. Tu, Nuvem Azul, vais escalar o monte do norte da aldeia e apanhar com uma rede e com as tuas mãos fortes o falcão mais mais vigoroso e trazê-lo aqui vivo. E tu, Touro Bravo, vais escalar a montanha do trono, onde encontrarás a águia mais brava. Somente com uma rede e as tuas mãos vais caçá-la e trazer-ma aqui viva.
Os jovens partiram. Daí a dias, estavam junto da tenda do feiticeiro, cada um com a sua ave num saco.
- Peguem agora nas aves – disse o feiticeiro – e com estas tiras de couro prendei-as uma à outra pelos pés. Em seguida, soltai-as para que voem livres. Soltaram as aves presas, mas a águia e o falcão não conseguiram voar. Apenas rastejaram pelo chão. Depois, irritadas por não poderem voar, lançaram-se uma à outra, bicando-se com violência.
Então o feiticeiro disse:
- Vós sois como a águia e o falcão. Se estiverdes amarrados um ao outro, só vivereis arrastando-vos e começareis a magoar-vos um ao outro. Mas se quereis que o vosso amor perdure, voai juntos, mas não amarrados.
O amor dos casais perdura se cada um respeitar os direitos um do outro. Quando faltar esse respeito começam a arrastar-se, com golpes de mágoa e violência.
Respeitando-se um ao outro, não amarrados pelo medo, pela intolerância pelo despotismo, pela violência, podem fazer da sua vida matrimonial um voo de felicidade.

1 comentário:

Marilu disse...

Querido amigo adoro lendas indias. Beijocas