Convite a quem nos visita

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

O chão do mundo

..
Umas sombras cairam naquele chão
onde as folhas falaram da morte
como se tivessem terminado no húmus
da penumbra da noite branca
de uma vida que quisemos distante.
..
Os deuses vieram ao nosso encontro
e sobrou de calor ardente a esperança
que naquele chão não fora mais vista
porque sempre calaram o fogo da vida
aqueles que não viram o mar imenso da fé.
..
Não e não aos calores da ausência do mundo
antigo e presente que nos fizeram viver
pois sei e sempre soube que nada nem
ninguém pode matar o sabor do vento
em todas as praças e artérias desta cidade.
..
Vivo em mim e em ti o momento caído
do céu como a única graça do amor
divino em cada hora do abraço do sonho.
..
O ideal da vida não tem preço
e em ti descanso o pensamento
sentido no sorriso aberto
ao esplendor da única justiça
que veio plantar o desejo da paz
em todos os cantos do mundo novo.
..
Já sei o melhor que virá
e que venha sentido em cada gesto
na luminosidade do rosto da terra
onde a vida sempre recomeça.
..
Óh... Momento maior de bondade
sem que o mistério possa dizer:
- eis o fim!
JLR

2 comentários:

tukakubana disse...

bela entrega. Abraço "Amico"

Lamarque disse...

bons textos. ja estou seguindo. abraços. lamarque