Convite a quem nos visita

sábado, 15 de outubro de 2011

A noite do mundo

..
Na noite do mundo os olhos disseram
Um segredo partilhado no arrefecimento.
..
A baía engalanou-se para o momento
Do encontro do amor que a brisa oferece.
..
As luzes salpicadas nas casas denunciam
As janelas abertas ao nosso mundo futuro.
..
Nada nos escapa nessa hora da festa
Porque as mãos dizem as melhores palavras.
..
Nesse altar descansam os copos de um sinal
Que abraça a noite para que se desvele uma ternura.
..
Outras vozes se achegam à liturgia do diálogo
Ai! Como todos riem na presença do afecto.
..
Nesta paisagem de cá e de lá vimos um som
Que as mãos e os pés fizeram ecoar no silêncio.
..
No fim restou uma vontade e tanto no rasgo da luz
De que as casas dissessem do calor de um abraço.
..
A noite do mundo verteu uma paz e um sono
Que a vida reclama ciclicamente a toda a hora.
JLR
Nota: Breves palavras para dizer um pensamento, um afecto, uma amizade por todos os que se abeiram deste Banquete. Boas leituras e um bom fim de semana para todos.

2 comentários:

Liene disse...

Boa noite, José Luis! Passando para deixar o meu carinho...

Receita de Paz

Ora com mais confiança em Deus.
Trabalha um tanto mais.
Serve com mais alegria.
Age mais caridosamente.
Desculpa as faltas alheias com mais compaixão pelos ofensores.
Usa mais calma, particularmente nas horas difíceis.
Tolera, com mais paciência, as situações desagradáveis.
Coloca mais gentileza no trato pessoal.
Emprega mais serenidade na travessia de qualquer provação.
E, assim, com a benção de Deus, encontrarás mais segurança e paz, nas estradas do tempo, garantindo-te o êxito preciso nos deveres de cada dia, a caminho da vida maior.
(Emmanuel-Chico Xavier)

Um abraço carinhoso e que a semana que se inicia lhe seja repleta de bênçãos!

A paz esteja contigo

http://hajalluz.blogspot.com/

José Luís Rodrigues disse...

Bom dia querida amiga Linene. Muito obrigado pela belíssima mensagem. Um aoração muito interessante, desafiadora para a nossa vida concreta. Obrigado e tudo de bom.