Convite a quem nos visita

terça-feira, 29 de maio de 2012

Madeira masoquista

A sondagem de opinião do Diário de Notícias, devia revelar-nos, se as eleições fossem por estes dias que o PPD-PSD, perdia em toda a linha e quiçá votado ao desaparecimento aqui na Madeira. Porém, apesar do povo eleitor saber quem são os responsáveis de tamanha desgraça de dívidas e de estar a sofrer terríveis sacrifícios por causa da irresponsabilidade quanto ao governo do bem comum, continua a votar neste partido.
Pois, então, não somos uma democracia a sério, não temos noção nem maturidade nenhuma quanto ao poder e utilidade do voto. Assim, venham os sacrifícios, as dificuldades, a sobrecarga de impostos, as taxas moderadoras em toda a linha, o fim da saúde gratuita, a educação e todos os direitos que a Democracia/Autonomia nos concedeu.
Queixas, lamúrias e outros ais... Levem esses suspiros para outros adros, que já estou perdendo a paciência para queixumes, as quintas das angústias dos governantes que «vocês» adoram também têm terreiros vão todos para lá fazer queixas e fazer a vossa pedincha... Só pode ser, a Madeira gosta de sofrer? - Há um masoquismo coletivo preocupante. Embora não me comova nada nem me encha de penas, antes de revolta e com vergonha de fazer parte de um eleitorado inconsciente, imaturo, sem noção nenhuma do que está em jogo, afinal, terrivelmente, masoquista. E se não for masoquista, sádico em toda a linha, porque sabe dos fardos que carregamos e pouco se importa com isso. É caso para dizer-se: perdoai-lhes, Senhor, não sabem o que fazem!
José Luís Rodrigues

Sem comentários: