Convite a quem nos visita

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Sentir o silêncio


As flores testemunharam um sol
Naquele aperto sentido no vapor
Da visão sublime à porta do ser.
Quando as vozes cantaram a serenidade que vejo
Na delicadeza do toque
Que os amantes vivem no silêncio da noite.

Neste invólucro cósmico
Gritam estrelas e mais não digo do segredo
Que só o inquieto mistério pode guardar mais uma vez
Na certeza da felicidade que a ternura do gesto desvela.
José Luís Rodrigues

Sem comentários: