Convite a quem nos visita

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Torpedos de palavras do génio da arquitectura

Oscar Niemeyer (1907-2012)
Morre o homem fica a obra. Em relação a este homem, Oscar Niemeyer, morre o arquitecto  fica a arte arquitectónica magnífica. Algumas frases muito actuais que nos reavivam a memória e nos devem empenhar luta por um mundo melhor, mas justo e fraterno. Tomemos o seu exemplo e ensino.
«A gente tem que sonhar, senão as coisas não acontecem».

«Toda escola superior deveria oferecer aulas de filosofia e história. Assim fugiríamos da figura do especialista e ganharíamos profissionais capacitados a conversar sobre a vida»

«A miséria existe. E a burguesia brasileira, que é das mais atrasadas, está sentindo isso na pele pela primeira vez. A chance de mudança está aí, nesta situação-limite. E há o inesperado, com o qual devemos contar. Um dia, lá em Paris, Sartre me disse que gostava de ter dinheiro no bolso para dar esmola. O sujeito chegava, Sartre dava um dinheirinho e quase agradecia por isso. Mudei minha opinião sobre a esmola. Como dizia o padre Teillard Chardin, quando ser for melhor que ter, estará tudo resolvido no mundo».

«Enquanto existir miséria e opressão, ser comunista é a solução.»

«Existem apenas dois segredos para manter a lucidez na minha idade: o primeiro é manter a memória em dia. O segundo, eu não me lembro».

«Se eu fosse jovem, em vez de fazer arquitetura, gostaria de estar na rua protestando contra este Mundo de merda em que vivemos. Mas, se isso não é possível, limito-me a reclamar o mundo mais justo que desejamos, com os homens iguais, de mãos dadas, vivendo dignamente esta vida curta e sem perspectivas que o destino lhes impõe».

«Nunca acreditei na vida eterna. Sempre vi a pessoa humana frágil e desprotegida nesse caminho inevitável para a morte... Às vezes, muito jovem, o espiritismo me atraía, logo dissolvido pelo materialismo dialético, irrecusável. Se via uma pessoa morta, meu pensamento era radical. Desaparecera, como disse Lacan, antes de morrer. Um corpo frio a se decompor, e nada mais».

«Desejo ver um mundo melhor, mais fraternal, em que as pessoas não queiram descobrir os defeitos das outras, mas, sim, que tenham prazer de ajudar o outro».
«Na rua, protestando, é que a gente transforma o País».
«No dia em que o mundo for mais justo, a vida será mais simples».

«O homem tem de ser modesto; tem de olhar para o céu».

«Sou pessimista. Não como Schopenhauer. Eu me identifico com a linha do Nietzsche, do Sartre. A vida não tem perspectiva. O importante é a gente estar dentro da realidade, saber que tudo é um minuto e não vale a pena estar brigando. Sempre digo que todos têm um lado bom. Isso ajuda a viver. A minha preocupação é ajudar as pessoas, ser útil, reconhecer que a vida é um espaço curto e que estamos no mesmo barco».
Oscar Niemeyer

Sem comentários: