Convite a quem nos visita

quinta-feira, 21 de março de 2013

As árvores

Primeiro dia da Primavera. Dia mundial de tanta coisa. Para mim especialmente da água, da árvore e da poesia. Aqui deixo o meu contributo para assinalar este dia com o seguinte texto. Que seja este dia como todos os dias, que no profundo respeito pelos elementos da criação, sempre nos renovemos para a grandeza do amor e da existência na partilha com os outros sem qualquer sombra de ganância e egoísmo. 
As nobres árvores ali estão plantadas
Pacientemente no lugar da vida
Onde foram semeadas nessa terra.
Nelas e por elas passou o vento
Em todas as direções do tempo.
Não se detiveram no medo
Não cruzaram os braços à vida
E em copas pujantes destemidas
Deixaram sorrir o verde e os frutos
Como sinais imensos e convictos
Que apesar das teimosas tempestades
A vida sempre continua
E no olhar desta caminhada se renova.
As árvores são o bravo testemunho
Que a vida se fez tesouro em cada semente
Que foi lançada na terra até ao céu.
José Luís Rodrigues 

1 comentário:

Pramos disse...

Bom dia!

"Que seja este dia como todos os dias, que no profundo respeito pelos elementos da criação, sempre nos renovemos para a grandeza do amor e da existência na partilha com os outros sem qualquer sombra de ganância e egoísmo."

Entendo o porquê de "assinalar" determinados data, mas não gosto de o fazer.
No entanto este seu poema tocou-me o "coração", pois falando de um elemento da natureza, estabeleceu uma ligação diria perfeita com cada um de nós.

Parabéns pelo poema, é muito bonito.
Obrigada pela partilha.

Paulina