Convite a quem nos visita

quarta-feira, 13 de março de 2013

Palhaçada cara na Assembleia Regional da Madeira

Mais um número para o desprestígio da «casa da democracia»

Não fosse grave, não estávamos aqui a falar disto. Já pouco ou nada me importo que os partidos representados na Assembleia Regional nos custe os olhos da cara, que recebam anualmente vários milhões de euros para trabalharem em prol do nosso povo. O principais culpados são os eleitores e sempre alimentamos a  esperança que algum dia isto tenha um fim ou então se encontre algum equilíbrio para que se reponha a decência.
Grave, grave muito é que os representantes do povo façam da Assembleia Regional da Madeira, um circo, uma tenda de diversão para se insultarem e fazer números que fazem inveja aos mais famosos palhaços do mundo. Ainda nestes dias onde o jogo das moções andou ao rubro, a palhaçada fez das suas. José Manuel Coelho entrega ao Presidente do Governo a farda de presidiário. O Presidente do Governo saca da cartola uma foto de um burro e entrega ao deputado José Manuel Coelho. Um número muito bem engendrado. Como é possível que as coisas se conjuguem assim tão bem? Pois, mistérios que só acredita quem anda de olhos fechados… Resultado, o que tivemos foi o palhaço pobre e o palhaço rico a darem um grande contributo para o descrédito em que caiu a Assembleia Regional da Madeira. Ninguém acredita naquilo nem muito menos nas pessoas que ali estão.
O povo paga para ser bem serviço e bem representado na Assembleia Regional, porém, diverte-se com o que ali se vai passando, inventa anedotas e chama as piores alcunhas sobre o principal órgão da democracia e da Autonomia da Madeira. Não viessem de lá de dentro os piores exemplos, despeito geral uns pelos outros, ninguém ouve ninguém, insultos com os piores epítetos, malabarismo ao abrigo das regras e números apalhaçados e todo o género de artimanhas que desprestigiam a «casa da democracia». Por nós, olhamos tudo isto com muita pena e tristeza.   

Sem comentários: