Convite a quem nos visita

sexta-feira, 8 de março de 2013

S. João de Deus (1495-1550)


A Vida de S. João de Deus é apelo a dar-se a Jesus Cristo no Ano da Fé e a viver a Quaresma em obras de fé e caridade.
  É uma figura de santidade universal e fundador da Ordem Hospitaleira porque aceitou ser acolhido pelo Pai misericordioso; e respondeu à hospitalidade de Deus misericordioso para com ele tornando-se hospitaleiro para os pobres e doentes da rua em Granada. Pedia para eles pelas ruas clamando: “Irmãos, Quem quer fazer bem a si mesmo, dando para os pobres?”
Nas maiores dificuldades manteve fé e confiança plena e total em Jesus Cristo “ que não me deixará mal”. Cuidava de pobres, doentes e necessitados dentro e fora do seu hospital com a ajuda de muitos benfeitores a quem agradece, por quem reza e a quem evangeliza com as suas palavras e cartas.
  Convidava candidatos para seus companheiros de hábito e aceitava-os com a condição de se converterem a Jesus Cristo em entrega em vida de oração e de obras de caridade para com os doentes.
Não assistia só adultos, acolhia bebés expostos (meninos e meninas abandonados) arranjando-lhe amas e famílias de benfeitores para os criarem e para mais tarde se casarem com os dotes que lhes conseguia angariar.
  Também evangelizava e dignificava homens pecadores e mulheres da prostituição, e às que aceitavam a sua proposta entregava-as a famílias de adoção para se prepararem para se casarem apoiadas pelos dotes que conseguia dos seus benfeitores.
Foi santo hospitaleiro universal porque acolheu o dom de Deus e respondeu com a oferta de si mesmo.
Funchal, 8 de Março de 2013
 Aires Gameiro

Sem comentários: