Convite a quem nos visita

sábado, 27 de julho de 2013

Um suspiro

Um poema para o fim de semana a pensar na vida...
É aquele momento como sinal que nada terminou
antes se refaz e recomeça em novo estado de alma
que antes estava abatido no vale escuro da solidão.
Mas de novo acorda sob uma réstia de luz.
Nesse despertar
o afecto fez-se a mais próxima presença
da ternura do calor dos dias do sol
ressuscitados para a plenitude.
Nesta forma de suspiro acordei para o centro
daquela festa que toda a acção pode fazer ver.
Nisto consiste o sentido da vida.
José Luís Rodrigues

Sem comentários: