Convite a quem nos visita

sábado, 15 de março de 2014

Um sopro

Com votos de um fim de semana muito feliz para todos...
Os montes e os vales da suavidade do horizonte
Fizeram o dia em brisa que passa na minha mão
Que se entrelaça nos caminhos do sonho
E o sopro bate em glória uma sensação de alegria.

Nestes dias caminham todos os abraços em sinal
De uma aragem em espírito solene de afectos
Que se desprendem da escarpa do vazio
Daquela paisagem árida na hora de um adeus.

Mais adiante fizeram sentir o toque do silêncio
Que disse do cosmos antigo a voz maior do amor
Que Deus sopra em vento na passagem de todos
Quando a vida se mistura no sublime gosto do pão.

Cada gesto nesse ar do tempo que se desvela
No rosto da glória veio dar luz na escuridão
Pois disserem os mestres que o sopro diz
O calor do sangue faz fértil a terra da paz.

No segredo desta visão vimos a palavra feita
Alimento no sentido que os outros procuram
No olhar inteiro das vertigens das colinas
Que a sabedoria disse no reflexo da ressurreição.

Mais e mais fico-me neste momento infinito
De uma certeza gloriosa em felicidade andante
Que vejo nestas palavras sentidas na entrega
De uma luz incandescente da serenidade.
José Luís Rodrigues 

Sem comentários: