Convite a quem nos visita

sábado, 5 de julho de 2014

Momento livre

Para o fim de semana. Sejam felizes!
Suspiram os homens
antigos naquela praia
sobre as areias
deste mar sombrio
salgado e tanto
do gosto amargo da solidão
mais o peso inerte
da rocha de uma dor
que o desencanto
marulhou sobre as ondas
da vertigem que passo a passo
desvendo numa fome.

Falta a luz
e tempo às palavras
que se prendem
nas cadeias prepotentes
do tirano, vil
mentiroso e sonso.

- Mas desperto sereno
e firme quando digo
paz nas revoltas
ondas do pensamento
que este poema
liberta da fome
o mendigo.
José Luís Rodrigues

Sem comentários: