Convite a quem nos visita

quarta-feira, 20 de maio de 2015

As diferenças não enganam e são reveladoras

Só para nos fazer pensar um pouco...
Imagem 1: para este evento quase não é necessária polícia. Tudo decorre com a maior tranquilidade e paz. A ordem impõe-se naturalmente. Mas os que compõem esta imagem são considerados pouco inteligentes, seguidistas, ignorantes, pobres de espírito, fanáticos… Entre outros cognomes que a sociedade douta de hoje sempre procura considerar e presentear quem busca o sentido da vida ou consolo para as limitações que a vida deste mundo oferece.
Imagem 2: Alias que são três imagens... Polícia por todo o lado. Desordem total. Destruição devastadora. Fumos esquisitos. As luzes são estranhas. Violência não falta com pancadaria a torto e a direito. Lixo espalhado em todos os cantos e recantos das ruas. Pessoas embriagadas. A linguagem só se entende quando rasteja pelo calhau, porque não falta o insulto a toda a família, à autoridade, aos árbitros, às mães, às esposas e aos filhos. O ambiente geral esotérico, histérico e metálico, mas também é desolador e constrangedor. Porém, As pessoas destas imagens, a sociedade de hoje, considera serem gente esclarecida. Aqui não há fanáticos, mas adeptos contentes a festejar.
Uma nota mais: não queria de forma nenhuma estar aqui a fazer este tipo de comparação. Mas fez-me refletir no quanto andamos errados, o quanto somos cegos perante a realidade e o quanto andamos desviados do essencial, não considerar todas as coisas como necessárias à formação integral da pessoa humana. A arrogância perante as coisas redunda em violência. Tudo pode servir para crescer saudavelmente. Por isso, precisamos de dar o devido valor a todas as coisas da vida para que o crescimento e a educação de cada pessoa se faça em todas as suas vertentes. Pensemos nisso.

Sem comentários: