Convite a quem nos visita

sábado, 30 de maio de 2015

Regresso ao silêncio

Para o fim de semana. Sejam felizes sem prejudicar ninguém.
No silêncio que nos deram
em pedaços sentidos
de solidão cortaram
a intermitência da morte
que a sangue frio
alguns pararam para sempre
o sonho e a visão.

Mas, porém, ressuscitaram
as palavras que ditas pelo eco
do mundo romperam amorosamente
as paredes grossas da tristeza
cimentadas na injustiça cerce
do pensamento tenebroso
deste caminho que nos leva até ao fim
das mãos.

Logo depois fiquei inerte no cimo
do abismo das rochas emparelhadas
nos poios artisticamente edificados
pelos vales e pelos lombos em courelas
que se despegam das achadas vermelhas
testemunhadas pelo fruto dos pomares
das cerejeiras novas e velhas.

Finda esta lembrança singela
outros cortaram cerce a escuridão
e porque enxuto o momento triste
nasceu a tempo o centro e o mundo.
José Luís Rodrigues

Sem comentários: