Convite a quem nos visita

segunda-feira, 13 de julho de 2015

A Europa chegou acordo com a Grécia

Acordo para a Grécia
Tomara que esta notícia suscitasse em nós uma profunda alegria. Mas, não é assim. Um acordo que tem um preço muito elevado para os povos. É um acordo contra a democracia, contra a vontade do povo manifestada claramente em eleições e a favor de um ainda maior empobrecimento do povo.
A notícia que fazemos eco AQUI tem frases horríveis de Angela Merkel. Por exemplo: «Temos de estar preparados para aceitar que a Europa tem a palavra final em certas áreas. Caso contrário, não seremos capazes de continuar a construir a Europa» ou ainda: «Não precisamos de abdicar de práticas nacionais, mas devemos ser compatíveis».
Esta «louca à solta» e os seus correligionários não percebem que a Europa unidade nasceu para permitir a prosperidade dos povos, viverem na solidariedade e construírem a paz? Há palavras que se ouviam antes que deixaram de fazer parte do vocabulário dos dirigentes europeus: solidariedade e subsidiariedade. É pena. 
Esta loucura do dinheiro centrado na vida dos povos vai levar a Europa para o fim. Não há volta a dar, porque os seus líderes não percebem que precisamos de uma Europa para os povos contra a loucura da finança. Por isso, neste acordo perdeu a Grécia que foi encosta à parede, perdeu a Europa e perdemos todos nós, porque voltaremos aos tempos da desunião europeia e quiçá às lutas fratricidas entre os povos europeus.   

Sem comentários: