Convite a quem nos visita

sábado, 6 de fevereiro de 2016

O sabor da terra

Para o nosso fim de semana. Sejam felizes sempre sem prejudicar ninguém.
Todos os meus dedos mergulharam
destemidos a profundidade da terra
resultava que parecia uma guerra
que as bombas tinham estilhaçado
naquele ribombar destrutivo de loucura.

Não. Não era guerra...
Tinha sido a escavadora da esperança
que as mãos traduziram no húmus removido
para que fosse mais uma vez plantada
com alegria a energia escondida da vida
que cada planta testemunha
naquela hora em que é ainda criança.

Mais tarde nesse canteiro enfeitado
no momento determinado
sem contar as horas anteriores
e sem que se saiba qual essência milagrosa
nasceram pujantes folhas e flores.
Por isso este deslumbramento profundo
fez em mim um sorriso do tamanho do mundo.
José Luís Rodrigues

1 comentário:

Arlinda Spínola disse...

Lindo! Obrigada Sr. Padre José Luís por partilhar a sua poesia connosco, pois servirá de reflexão para o meu dia.
Tenha um Santo dia e um feliz fim de semana. Um abraço.