Convite a quem nos visita

terça-feira, 1 de março de 2016

A Santíssima Trindade Misericordiosa

A Trindade Misericordiosa: O Pai Criador, o Filho Redentor, o Espírito Santificador... e a Pessoa no seu seio
Em tempos que dos desviam tanta da fé na Santíssima Trindade, eis aqui uma magnífica reflexão sobre o Mistério da Santíssima Trindade iluminada pela Misericórdia… A não perder.
Obra de cerâmica feita pela Irmã Caritas Müller, em Cazis, Suiça
O nosso tempo quer que a pessoa seja o centro.
A pessoa empurrou o seu Criador para o fundo.
Nesta obra-prima, a pessoa também está no centro. Mas que pessoa!
Não é a pessoa autónoma e orgulhosa, dona dos seus próprios poderes.
Mas a pessoa consciente da sua fraqueza e miséria, que depende de Deus como o bebé precisa do leite materno, dos braços do pai e do convívio dos irmãos.
E essa pessoa é realmente o centro.
Está no centro da atenção de Deus, do seu amor e misericórdia.
É cercada por todos os lados por Deus, que está sempre ao seu lado.
Cheio de amor, o Pai Criador olha para a pessoa, segura-a, carrega-a, insufla-a, beija-a...
Jesus, o Filho Redentor, ajoelha-Se, humilha-Se; beija os pés e lava-os.
O Espírito Santo irrompe do alto em direção à pessoa. Ele quer preenchê-la - santificá-la - com o seu amor, a sua luz, a sua paz.
Para Deus, a pessoa está no centro.
Quem não gostaria de estar no centro de um intercâmbio deste género?
Esta pessoa és tu, é você, sou eu...
Aceitemos a nossa fraqueza por Deus.
Entreguemo-nos nas mãos Dele que nos ama como somos: «À Sua imagem, à Sua semelhança» (Gn 1, 26), e nos diz para sermos assim com o nosso próximo e tudo quanto nos rodeia: «Amarás o teu próximo. Amarás os teus inimigos. Orarás pelos que te perseguem; para que te tornes filho do vosso Pai que está nos céus; porque Ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons, e faz chover sobre justos e injustos» (Mateus 5, 43-45).
Adaptado de Dietrich Théobald, «Regarde», in Fraternitas Movimento.

Sem comentários: