Convite a quem nos visita

sábado, 21 de maio de 2016

Do silêncio que nos fez

Par ao nosso fim de semana. Sejam felizes sempre sem prejudicar ninguém...
Quase como no livro da Sabedoria que diz:
"o silêncio envolvia todas as coisas
e a noite estava no meio do seu curso",
veio a voz criadora da carne e fez-se o verbo ser
- foi tudo quando o silêncio fecundou a luz
e os nossos olhos estavam dentro de uma sombra.

Veio a penumbra de uma mão cheia
do infinito do céu onde cintila um ponto
para nos conduzir na vertigem da noite
e no silêncio da fértil criação
nesse momento em que todo inteiro,
seguramente era eu crente e seguro
como um ofertório vivo no altar de uma mãe.
- porque, "o milagre é um gesto sagrado" (Wittgenstein).

Nisto vi que tudo se escreve letra à letra
no mistério azulado do céu
entre o insondável da terra
que me fez infinito e livre
para olhar destemido a curva da estrada
além o futuro florescido no amor eterno.
Deixem-me beber o silêncio.
José Luís Rodrigues

Sem comentários: