Convite a quem nos visita

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Tributo às crianças de Alepo

Contra a guerra absurda de Alepo - Síria... As crianças fazem orações. 
Há crianças que brincam entre escombros, crianças que morrem sob as bombas e granadas, e outras crianças que rezam para que a «guerra suja» termine.
«Confiamos que as suas orações sejam mais poderosas que as nossas», disse um bispo de Alepo, o armênio-católico Boutros Marayati, referindo-se às crianças de Alepo, cristãos e muçulmanos, que no próximo dia 6 de outubro se reunirão para pedir em oração a libertação da sua cidade da espiral de morte que a envolve.
E porque li esta notícia, que me comoveu profundamentedeixo aqui a minha oração e tributo a todas as crianças vítimas do absurdo da guerra interminável em que mergulhou a Síria.
Crianças Sírias brincando num buraco
 formado pelo rebentamento de uma bomba.
Oração às crianças de Alepo
És semente
és futuro
és gente..
porém, choras brincando
sobre os escombros
da indiferença
que te mata o sonho nesta hora
porque vês estilhaçado
sem sorriso nenhum
a frase de todas as crianças do mundo:
«quando eu for grande»…
JLR  

1 comentário:

Policarpo Nobrega disse...

não bastam orações, é necessário e urgente que os povos de todo o mundo se manifestem contra todas as guerras, onde nunca faltam bandeiras americanas e as máfias da indústria dos armamentos. Nunca me cansarei de dizer e lutar pelo slogan que agitei desde 1999, Não à guerra, Sim à paz, Sim ao amor.

Policarpo nóbrega