Convite a quem nos visita

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

A maior vergonha do mundo é a pobreza


José Ângelo Gonçalves de Paulos disse...
Se há sofrimento que me provoca mal-estar, num sentido mais holístico, a POBREZA está à frente de todos os outros sofrimentos. Viver sem trabalho, sem dinheiro, sem moradia, sem alimentos, sem água portável, sem saneamento básico, sem vestuário, sem assistência na saúde: desde o nascituro aos velhos, sem escolaridade, é uma afronta à dignidade da pessoa humana. E, todavia, tantas cartas e documentos, conferências, debates, através dos meios de comunicação social e noutros areópagos, através dos quais se problematizam EXISTENCIALMENTE estas questões, que urge pôr termo. 
Basta vontade, eminentemente, política. Obrigado, Amigo e Irmão Padre José Luís Rodrigues por mais este seu blogue que nos instiga fazer mais e melhor pelas nossas irmãs e pelos nossos irmãos mais pobres. Por isso, sou cristão e socialista. Parabéns! E seja um Oásis nesta secura toda na sociedade e na igreja madeirense, que tem uma "Caritas" feita por ricos e nem sequer existe uma Comissão de Justiça e Paz.

Nota: no ano passado, precisamente neste dia mundial da Erradicação da Pobreza, o pensador José Ângelo de Paulos, entretanto falecido, deixava este comentário no Banquete da Palavra, que no mesmo deste ano 2016, retomo e publico aqui para relembrar a inquietação principal do Ângelo e assinalar deste modo a vergonha que este dia assinala. 

Sem comentários: