Convite a quem nos visita

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

- Deus, quem és Tu? - ... (Só silêncio!)

"Deus e eu" 
- Esta semana com Francisco Sidónio Figueira. Um texto exclusivo é inédito para os leitores deste blogue. Melhor é impossível... 

     De pequenino, acompanhas-me. Nesse tempo, porém, quando era pequenino, estavas tão próximo. Vias e ouvias tudo. Sabias quando era bom e os teus anjos brincavam comigo. Fugiam, quando dizia “palavras feias” ou praticava qualquer “acção” que não devia. Se alguma vez, percebia que algum fugia, ficava triste. Pedia-Te perdão. Eles voltavam. Entendíamo-nos muito bem. Eras o “Pai do Céu” para todos lá em casa. Dizíamos juntos muitas vezes: “Pai nosso que estás no céu”.

     Depois, fui crescendo e Tu também em mim e à minha volta. Estudei e li tanta coisa de Ti, com paixão, na Filosofia, na Teologia, na Literatura, sobretudo no dia-a-dia. Encontrei-Te de “tantas formas e deformado.” Cada vez Te entendia menos! Então entrámos em discussão... Que longos diálogos e amuos! Nunca me deixaste, nunca Te deixei…
     O que me “fazias sofrer”, quando algum dos meus irmãos, Teus filhos, me procurava (procura) para falar de Ti! Sabes que tudo fazia para Te deixar bem colocado. Tu, contudo, continuavas e continuas silencioso…

     Deus, procuro-Te, vivo Contigo e Contigo respiro na grandeza do Universo, na celebração inefável do amor humano, na sucessão das estações, no progresso fantástico da Ciência, na beleza das Artes, nas flores, na música e… Mas também Te procuro, na profundidade trágica do sofrimento dos Teus filhos, no ódio entre eles, na guerra, nas catástrofes, na doença, na morte, e…

     Deus, busco-Te, continuamente, na alegria e na tristeza, sem angústia, na certeza de que um dia, “transformado” embora, entrarei “nessa magnífica composição do cosmos” que quiseste “concriar” com todos os seres…
      Assim, eternamente Contigo, “aprenderei, aprenderemos” a purificar, no cadinho da (con)criação, o – AMOR -  que é o -  CÉU -  que Tu prometes.
                                          fsf

Sem comentários: