Convite a quem nos visita

terça-feira, 12 de junho de 2018

Vamos rezar juntos

num dos seus magníficos sermões, Santo António prega o seguinte: «Assim como a flor quando espalha o perfume não se corrompe, também o verdadeiro humilde não se eleva quando louvado». Serve esta máxima para um tempo onde a maioria caiu na depressão, na tristeza, no desencanto perante o presente e o futuro, mas uma minoria abrigou-se no comodismo das benesses e dorme descansada sobre as almofadas luxuosas e quentes, que resultam da fome e do abandono de uma grande maioria.Deus é o que resta nas suas almas. O que mais surpreende na Bíblia, é que para a fé não é o ateísmo o mais perigoso, mas o medo e a falta de coragem. Tomemos sempre a opção pela simplicidade e que os mais pobres sejam acolhidos com dignidade. Que não sejam as palavras elogiosas que o vento leva que nos encegueire o orgulho e a vaidade. Mas que o perfume da esperança, a humildade e a capacidade de sair de si nos oriente os passos da vida, para que o encontro com os outros seja tomado numa sã igualdade fraterna, onde ninguém seja mais do que ninguém só porque tem ou faz algo que o destaca dos demais. 

Sem comentários: