Convite a quem nos visita

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Vamos rezar juntos

a religião positiva e a religião negativa convivem juntas. É necessário que tenhamos consciência por onde andamos. A positiva, é aquela que nos (re)liga ao transcendente, ao mistério referente a uma entidade divina criadora do mundo e de toda a existência. Definido o conteúdo da fé e da esperança, a religião positiva manda acolher os outros como "irmãos". Porque convida à tolerância e ao respeito pela diferença e diversidade. A religião positiva é multicolor e multifacetada. Muitos não gostam que assim seja, antes preferem impôr uma religiosidade negativa, intolerante ao diferente e nada capaz de conviver com a diversidade tão normal em toda a criação. A religião negativa está carregada de regras, o amor anunciado tem conta, peso e medida, mas quando positivamente acontece a expressão religiosa, a medida do amor é amar sem medida. Por esta luz a religião positiva é sempre geradora e respeitadora da vida universal, a religião negativa fecha-se sobre o grupo dos eleitos e às vezes não respeita os outros que saem do seu âmbito religioso. A religião verdadeira é sempre positiva porque assenta no amor, que impele à criação da vida, sem descartar ninguém e vive o perdão todos os dias sem fingimento. A tarefa principal da nossa religiosidade positiva é esta. 

Sem comentários: