Convite a quem nos visita

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Obreiros da estrada

todos os caminhos são importantes e começam sempre passo a passo. Quando indicam a meta da felicidade deve ser o caminhante o principal construtor da sua estrada no presente, porque o lugar do amanhã é sempre incerto. O futuro habitualmente cai sem aviso e oferece o inesperado. Umas vezes faz sorrir outras vezes faz chorar. Pela sua estrada, cada um experimenta que o sol muito tempo queima, a chuva abundante molha e o vento impetuoso abala a segurança do passo. Nessas contingências cada um aprende o que verdadeiramente importa reter e esquecer o que não interessa para anda. Muita gente sabe como se faz essa triagem. Outros, não tanto, por isso, sofrem e fazem uma grande porção do caminho em profundo lamento e desânimo. Na longa marcha do caminho cada um vai aprendendo que todas as pessoas têm valor, que não faltarão os momentos de festa se caminham juntos, mas não faltarão também as feridas mútuas, que precisarão de cuidados para serem saradas com o perdão. Esta imprescindível convivência ensinará, que falar e conviver podem aliviar as dores físicas, emocionais e espirituais. Sejamos os obreiros do caminho e na meta estará o saboroso troféu da felicidade. 

Sem comentários: