Convite a quem nos visita

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

A Nova Igreja do Jardim da Serra

Faz-se realidade um sonho antigo. Um sonho não apenas de um só, mas de um povo inteiro, o povo do Jardim da Serra. Foram necessários passar quase 50 anos para que este povo visse o seu sonho tornar-se realidade. Aí está a nova igreja feita de argamassa, visibilidade de um corpo que sonhava e trabalhava para que o dia chegasse. Não há outra obra, que me lembre, entre nós, onde se possa aplicar de forma tão evidente a expressão do poeta, «Deus quer, o Homem sonha e a obra nasce» (Fernando Pessoa). As vontades estiveram juntas e tudo nasceu para o bem deste povo, votado também a algum ostracismo e abandono. Já chegava a injúria de ser da serra ou do alto como se tratasse do buraco dos leprosos. A cidade era longe e a Serra distante mesmo quando lhe chamavam Jardim.
Nesta hora não convém esquecer as várias famílias que sonharam e deram as suas ofertas generosamente para este projecto de Deus e da humanidade. Não digam agora que muito disto advém dos impostos (o Erário Público), é verdade que grande parte daí vem, mas melhor será dizer que vem daquele povo que ama o trabalho e que contribui como todos os outros para o bem público com os seus impostos.
Após estes anos também são muitos os que sonharam ver, mas já partiram do convívio dos mortais, para eles fica a nossa homenagem e que lá no lugar da imortalidade possam alegrar-se com a concretização deste ideal.
Pois bem, termino, pedindo a Deus força e coragem ao povo do Jardim da Serra, o meu querido povo – aqui foi o meu berço – para que feita a Igreja todos a amem e nela sintam o abraço do transcendente, que nos retempera para a luta da vida feliz para todos. E não esqueçamos quem encontrou antes a sintonia da razão, «Para fazer uma obra de arte não basta ter talento; não basta ter força; é preciso viver um grande amor» (Wolfgang Amadeus Mozart). O nosso povo sabe desta música há muitos anos. Toda a sorte do mundo para este povo, que se edifica nos vales e lombos do tempo quase tocando o céu da esperança de outro Jardim.
Próximo Domingo 15 de Novembro será a bênção e sagração da nova igreja de S. Tiago Menor, o padroeiro do Jardim da Serra, que a sua bênção se derrame sobre os nossos corações.

4 comentários:

maria teresa s. t. góis disse...

Parabéns à Freguesia do Jardim da Serra, nas pessoas dos seus filhos que nela vivem e que a recordam.Seja este Templo o vitral do Evangelho, na Pobreza e no Trabalho, qualidades que o povo da terra tem, e que as bençãos de Deus os acompanhem na luta diária,Ao P.José Luís, filho da terra, seguidor e defensor do Evangelho, uns parabéns especiais.

Gorete Araújo disse...

Adorei este seu artigo,.

Ângelo Paulo disse...

Parabéns ao P.José Luis e ao povo do Jardim da Serra. Que seja um espaço para a igreja firmar-se como espaço de reflexão sobre as questões de Deus e do Homem nos dias de hoje. Que seja um verdadeiro templo do Espírito Santo. Que está sempre em permanente actualização e não apenas numa gratidão contínua aos pequemos deuses que cada terra tem.Um braço , Ângelo

Susana Ramos disse...

Bem, pelo menos o senhor padre importou-se!
Caso contrário não faria esta reflexão.
"Onde estiverem dois ou mais reunidos em Meu nome, Eu estarei no meio deles"... São João, suponho.
Já somos dois a reflectir...
Obrigada pela partilha
Bem haja!