Convite a quem nos visita

domingo, 25 de abril de 2010

Liberdade

Autora: Sophia de Mello Breyner Andersen
Aqui nesta praia onde
Não há nenhum vestígio de impureza,
Aqui onde há somente
Ondas tombando ininterruptamente,
Puro espaço e lúcida unidade,
Aqui o tempo apaixonadamente
Encontra a própria liberdade.

7 comentários:

José Ângelo Gonçalves de Paulos disse...

Padre José Luís, esta Praia a da Liberdade, ficou. O Povo gosta e defende-a.
Com efeito, é necessário dar vida ao "25 de Abril" , pq está a precisar de uma boa transfusão de sangue. Tem uma anemia grave e o que precisamos é de um melhor serviço de saúde, melhor repartição da riqueza

Pq o desemprego assusta-nos, mas a culpa não é só do governo, é da vã cobiça ( não de mandar, mas das mãos invisivéis, que por aí há. O sorriso semi-aberto dos capitalistas-de-casino, que tudo corróiem. E estamos todos distraídos perante tantas e flagrantes injustiças.Do local passamos rapidamente ao global. Ninguém nos conhece. Os discursos da AR pouco ou nada dizem, pq quem manda, nisto tudo, são os bancos, a especulação, mercado desenfreado.E eles têm em todo o lado , mesmo aqui na Madeira, na ALR os seus representantes.

SENTIMIENTO disse...

Hay que ser libre en la vida,y solo se es libre haciendo lo q realmente queremos y sentimos.Un abrazo con Sentimiento.

SENTIMIENTO disse...

Hay que sentirse libre en nuestra vida,por que es lo primordial para tener un vida plena.Un abrazo muy afectuoso querido amigo como siempre con Sentimiento.

Alma Inquieta disse...

Olá José Luis!

Excelente escolha!

Ontem li com atenção o seu perfil e vi que é sacerdote...
Eu sou catequista e leitora na minha paróquia..., achei curioso e fiquei contente de ver um sacerdote como blogueiro.
No meu blog tem uma homenagem ao pároco da minha paróquia nos seus 50 anos de sacerdócio... se tiver curiosidade, o link é este...

http://osestadosdealma.blogspot.com/2009/08/dupla-homenagem.html

Um beijo e bom restinho de domingo.

Autor do blog disse...

Muito agradecido a todos pelos vossos comentários. Que a liberdade responsável seja o nosso ideal e a conduta principal junto à praia da vida. Bem hajam amigos.

Juliana Carla disse...

Olá José

As ondas trazem os ventos... Daí vem à sensação de liberdade.
Curto para ser saboreado a longas doses.

Bjuxxx e xerooo

Autor do blog disse...

Amiga Juliana Carla, agradecido pelo teu comentário. Está cheio de um sonho bonito, que o vento nos traga em grandes doses a paz e o verdadeiro sentido da liberdade. Bem haja. Já espreitei o teu blog, interessante, fiz-me teu seguidor.