Convite a quem nos visita

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

A IMACULADA CONCEICÃO

Este soneto de Camões é verdadeiramente uma homenagem «À Conceição da Virgem Imaculada». O seu estilo inconfundível não deixa margem para dúvidas: lá estão os jogos de palavras e os paradoxos da tradição cortesã. O poema deve assentar num hino mariano.
....
Para se namorar do que criou,
Te fez Deus, sacra Fénix, Virgem pura.
Vede que tal seria esta feitura
Que para si o seu Feitor guardou!
....
No seu alto conceito Te formou
Primeiro que a primeira criatura,
Para que única fosse a compostura
Que de tão longo tempo se estudou.
....
Não sei se digo em tudo quanto baste
Para exprimir as raras qualidades
Que quis criar em Ti quem Tu criaste.
....
És Filha, és Mãe e Esposa: e se alcançaste,
Uma só, três tão altas qualidades,
Foi porque a Três de Um só tanto agradaste.
.... Notas Fénix – significa aqui certamente a participação da Virgem Maria na redenção, que implica uma passagem da morte à vida Feitura, Feitor – criatura, Criador Filha, Mãe, Esposa - diz-se da Virgem Maria que é Filha de Deus Pai, Mãe de Deus Filho e Esposa de Deus Espírito Santo«A Três de Um só» – a três Pessoas de um só Deus
.........................
Na edição da obra poética de Bocage, «À puríssima Conceição de Nossa Senhora» é sexto poema dos «Idílios e Cantatas». Compõe-se ele duma visão introdutória, de raiz neoclássica, em que Elmano assiste à vitória da nova Eva sobre o Dragão infernal, e de um outro poema, em redondilha menor, que complementa a visão, e que é sem dúvida tradução/adaptação dum hino mariano.
....
Que espectáculo, ó céus! Eu velo?... Eu sonho?...
Que diviso!... Onde estou!... Purpúrea nuvem
Ante os olhos atónitos me ondeia
E chuveiros de luz despede à terra!
....
Mais bela que o fulgor que ao sol percorre,
Alta matrona augusta,
Do vapor luminoso
Que os Zéfiros detêm nas ténues plumas,
Quão risonha contempla o baixo mundo!
....
Áureas estrelas congregadas brilham
No rútilo diadema
Que a fronte majestosa Lhe guarnece;
Áureas estrelas semeadas brilham
Nas roçagantes vestes,
Cor do estivo clarão que filtra os ares!
....
De alados génios cândida falange
Reverente A ladeia,
E pelas níveas dextras balançados,
Pingue, flagrante aroma, em honra à diva,
Os fumosos turíbulos derretem…
....
Mas que feroz dragão lhes jaz às plantas,
Sangue a boca medonha, os olhos fogo!...
....
Rábido arqueja, túmido sibila,
Baldadas forças prova
Contra o pé melindroso
No colo inerme, a cerviz calcada,
Que rubras conchas escabrosas forram:
Enrosca, desenrosca a negra cauda,
E em hórridos arrancos desfalece…
....
Oh triunfo! Oh mistério! Oh maravilha!
Oh celeste heroína! A sacra turma,
Os entes imortais que Te rodeiam
Modulam tua glória em altos hinos
Que entre perfumes para os astros voam… ....
Eis no leito arenoso as vagas dormem,
Rasas cedendo à música divina:
Pio ardor pelas fibras me serpeia
E encurvado repito os santos versos:
....
Ó Virgem formosa
Que domas o Inferno
Criou-Te ab aeterno
Quem tudo criou.
....
Ilesa notaste
Do mundo o naufrágio,
Da culpa o contágio
Por ti não lavrou.
....
Nas tuas virgíneas Entranhas sagradas,
Do Céu fecundadas
O Verbo encarnou.
....
A grande vitória
Do género humano
Contra este tirano
De Ti começou.
....
Depois de lograres
Triunfo completo,
Cumprido o projecto
Que o Céu meditou,
.... Cresceram nos astros
Os vivas e os cantos,
E as fúrias, os prantos
O abismo dobrou.
....
Ó Virgem formosa
Que domas o Inferno
Criou-Te ab aeterno
Quem tudo criou.
Bocage
In blog: http://alexandrinabalasar.free.fr/8_dezembro_2005.htm

7 comentários:

M. disse...

Nunca pensei ver Bocage relacionado com o texto anterio. Não conhecia o poema.

Gostei do conjunto. Acho que é por aí...

TILIDA disse...

Olhe...tem uma coisa que eu nunca percebi...quando eu era pequenina disse que o dia 8 de Dezembro era o dia de Nossa Senhora da Conceição!Fui tão gozada...Porquê?Não se pode chamar assim à Senhora...Explique-me por favor.Agradeço...

José Luís Rodrigues disse...

Cara Tilida, é claro que está muito certo dizer-se que o dia de hoje (8 de Dezembro) é o dia de Nossa Senhora da Conceição. Porque não. A palavra «Conceição» quer dizer isto, «a concepção da Virgem Maria: Imaculada Conceição» (confirmei esta definição no dicionário). É uma palavra muito bonito, mais não fosse, que é a palavra com que os meus avós maternos resolveram presentear como nome a minha mãe deste mundo. Só por isso, é o nome mais belo que existe nesta vida. Continue a dizer que hoje é o dia da Conceição e mais bonito seria se fosse «O dia da Mãe». Por a «Conceição» de Maria de Nazaré é a prefiguração de todas as mulheres que são mães, afinal, que alguma vez são «Conceição» quando geram filhos para este mundo. Espero ter sido esclarecedor cara amiga.

tukakubana disse...

Belos textos num óptimo enquadramento.
Pessoalmente penso que o dia da Mãe nunca deveria ter sido mudado do dia 08 de Dezembro, dia da Mãe Imaculada, apenas com interesses globais e comerciais.

José Luís Rodrigues disse...

Cara amiga Tukakubana, nem por sombra, ainda hoje partilhava essa mesma ideia com uma amiga desta rede social. O Dia da Mãe devia ser hoje , mas o markting poderoso impõe-nos o que lhe dá mais conveniência comercial. Aind amais que a minha mãe chama-se Conceição e como ela merecia que este dia fosse o dela, ligado ao dia da maior mãe da história, Nossa Senhora de Nazaré. Obrigado por ter lembrado essa ideia...

TILIDA disse...

Antigamente este era o dia da mãe...
Obrigada pelo esclarecimento e eu também sou Conceição,sou mãe de 3 filhotes*

José Luís Rodrigues disse...

Lindo Tilida. Parabéns... Que Deus te abêncoe sempre.