Convite a quem nos visita

sábado, 16 de agosto de 2014

Soneto da alma

Sejam felizes sempre. Votos de um bom fim de semana...
Na suave brisa que passa servem dons
A frescura de uma mão que se encontra
Na seriedade do centro que o sol desponta
Na paisagem pintada de todos os tons.

Depois veio o sentir que no olhar nos deste
E tão afável dizer ecoaram traços delicados
Contra os suspiros de ferimentos magoados
Que os outros infligem como uma peste.

Mesmo assim contei os poios e as árvores
São estes que dão luz a este feliz momento
Só o nobre pensamento nos livra este tormento.

É fantasia esta imagem que as cores mentem
Tomara seguir até ao céu o segredo da gente
Mas foi esta imaginação que me fez contente.
José Luís Rodrigues

Sem comentários: