Convite a quem nos visita

domingo, 17 de abril de 2011

A frase de J. Ratzinger contra Bento XVI?

J. Ratzinger escreveu em 1968: "Acima do Papa encontra-se a própria consciência, à qual é preciso obedecer em primeiro lugar; se fosse necessário, até contra o que disser a autoridade eclesiástica. O que faz falta na Igreja não são panegiristas da ordem estabelecida, mas homens cuja humildade e obediência não sejam menores do que a sua paixão pela verdade, e que amem a Igreja mais do que a comodidade da sua própria carreira." Continuou a pensar assim enquanto Prefeito para a Congregação da Doutrina da Fé? O que pensará hoje?
Citado do por Anselmo Borges in Diário de Notícias de Lisboa na sua crónica semanal, 16 de Abril de 2011

1 comentário:

José Ângelo Gonçalves de Paulos disse...

Pe. José Luís, curiosamente quem tem o mesmo pensamento é o Cardeal John Newman hoje beato de quem este papa tem muita admiração. Ele disse: antes do papa a minha consciência.