Convite a quem nos visita

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Navegar na proa do sentido

Para o nosso fim de semana. Sejam felizes sempre sem prejudicar ninguém...
Sentei-me a descansar na proa do barco
e reforcei a esperança do marujo.
Era distante a viagem e perigoso o mar
- neste mundo é só uma vida que temos
é preciso nunca desistir de encontrar
aquele lugar paradisíaco de Adão e Eva
que perdemos.
Destemido parti daquele porto materno
dizendo adeus aos grilhões
da felicidade tolhida e curta.
Olhei adiante na linha do horizonte
onde por hora vislumbro apenas o vazio
ou as ondas tumultuosas que penso
todos os dias no baloiçar frenético da embarcação
nas encruzilhadas de uma história
que se faz entre a paciência e o perdão.
Porém rasgam-se as ondas sem desistência
porque em qualquer percurso e opção
o que importa não é alienar-se com a meta
mas começar no início
ciente que haverá sempre tormenta.
José Luís Rodrigues

Sem comentários: