Convite a quem nos visita

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Um Salmo e umas Bem aventuranças sobre a vida em marcha

Com um muito obrigado ao meu amigo Fernando Jorge Félix Ferreira...
Salmo da pessoa que vê a realidade e não se cala e bem-aventurados os «em marcha»...
Salmo da pessoa que vê a realidade e não se cala
Ouve, Senhor, estes versos que eu te rezo
ao contemplar a realidade em que vivo.
Maldito o sistema que não deixa os poetas sonharem
nem permite a quem pensa dizer a verdade.
Serão seus dias de luto e lamento
 porque matou no ser humano o mais digno.

Maldito o sistema que não pratica a justiça, 
e persegue, tortura, encarcera quem anuncia;
terá que justificar sua conduta ante a história
e não encontrará nenhuma defesa.

Maldito o sistema que só procura a aparência de grandeza, 
quando as pessoas estão morrendo de fome
nas suas fronteiras; do mesmo modo que progrediu cairá, 
porque construiu seus alicerces sobre corpos vivos e sangue de inocentes.

Maldito sistema que tenta matar no ser humano a dimensão da transcendência
e coloca no seu lugar “o deus dinheiro”, “o deus sexo”, “o deus progresso”; 
destruir-se-á por dentro irremissivelmente, 
porque o coração do ser humano foi bem feito e ninguém pode matar em nós esta sede de infinito que nos queima.

Feliz será, porém, a pessoa que bebe água na fonte da praça junto ao povo; 
não terá motivos para se envergonhar de nada.
Bem-aventurança dos «Em Marcha!»
1  E vendo as multidões,
ele sobe na montanha e se senta.
Seus adeptos se aproximam.

2  Ele abre a boca, ensina-os e diz:

“Em marcha, humilhados do sopro!
Sim, deles é o reino dos céus!

Em marcha, os enlutados!
Sim, eles serão reconfortados!

Em marcha, os humildes! 
Sim, eles herdarão a terra!

Em marcha, os famintos e os sedentos de justiça!
Sim, eles serão saciados!

Em marcha os matriciais!
Sim, eles serão matriciados!

Em marcha, os corações puros!
Sim, eles verão Elohîm!

Em marcha, os pacificadores!
Sim, eles serão chamados filhos de Elohîm.

Em marcha, os perseguidos por causa da justiça!
Sim, deles é o reino dos céus!

Em marcha, quando vos insultam
e vos perseguem,
e mentindo vos acusam de todo crime,
por Minha causa.

Regozijai-vos, exultai! Vossa recompensa é grande nos céus!
Assim também perseguiram os inspirados,
os que vieram antes de vós.

Vós, vós sois o sal da terra.
Mas se o sal enlouquecer, com que salgá-lo?
Ele não é útil para mais nada,
senão para ser jogado fora
e pisado pelos homens.

Vós, vós sois a luz do universo;
uma cidade situada sobre uma montanha
não pode ser escondida.

Ninguém acende uma lâmpada
colocando-a sobre o alqueire,
mas sobre o lampadário,
onde ela reluz para todos na casa.

Assim, que vossa luz resplandeça
diante dos homens;
eles verão vossas bela obras,
e glorificarão vosso pai dos céus.
Da Celebração das Irmãs de Notre Dame de Namur, Comunidade do Ceará,
ao fazer memória dos onze anos do martírio da Irmã Dorothy Stang
In Fraternitas Movimento

Sem comentários: