Convite a quem nos visita

domingo, 31 de outubro de 2010

Todos os Santos

1 de Novembro
Hoje a Igreja universal celebra a festa daqueles que se comprometeram com Deus Pai, com o seu Reino de bondade, de justiça e de amor e, em nome de Jesus Cristo, se comprometeram de maneira radical, também, com os seus semelhantes. Por isso, nesta festa, todo o povo cristão é convidado a entrar em comunhão com Deus e com todo o homem de boa vontade.
Como Jesus de Nazaré, somos convidados a fazer da nossa vida uma eucaristia, uma oferenda viva. Na Igreja antiga, os santos eram entregues às chamas, às feras, às torturas cruéis. Hoje, também, milhares de santos são entregues à morte, são torturados pela fome, pelo desemprego, pela doença, e silenciados pela repressão, pela intimidação, pelas ameaças de morte dos que se julgam senhores deste mundo. Mas é nas entranhas dos que sofrem, dos aflitos, dos esquecidos, que germinam, nascem e dão fruto as sementes do Evangelho de Jesus Cristo. Desta maneira, a festa de hoje é também a festa dos santos dos nossos dias, essa numerosa multidão cujo testemunho vivo é fonte perene de renovação para a Igreja.
In Evangelho Quotidiano

3 comentários:

Marilu disse...

Querido amigo, que Todos os Santos nos abençoem. Tenha uma linda semana. Beijocas

José Ângelo Gonçalves de Paulos disse...

Padre José Luís, eis um texto muito bonito através do qual verificamos que santos são todas e todos mulheres e homens que fazem das suas vidas o Projecto de Deus, Encarnaram-NO. A palavra acho que quer dizer saúde , saudável.Penso que tem a mesma raiz etimológica.E tal como diz o texto há muitos santos e santas por aí , por este Mundo fora.Todos os que pretendem uma vida digna para si e para os outros . E não apenas as
virgenszinhas e castos,que recusaram ter uma vida saudável e
alegre na sexualidade como se o prazer da carne fosse o pecado central que a Igreja impôs e ainda hj propõe. Santos e Santas são todos e todas os que livremente querem um Mundo mais Humano, Melhor em constante Mudança para que a Humanidade seja outra e tenhamos a feliz sorte de partilhar a grandeza tal como Deus destinou para Nós desde a criação do Mundo:Harmonia entre todos os seres (animal, vegetal e humano) sendo este último pela sua inteligência e criatividade o continuador da Obra do PAI.

tukakubana disse...

Respeito a festa do dia de hoje e tenho pena que apenas uma vez no ano a Igreja se unifique para celebrar todos os santos.Todos os Santos Anónimos, digo eu, pois é demais a invocação que hoje se faz de um ou de outro "santo", "inventando-se milagres"..."ad ephesios" para manter a "fábrica" do Vaticano activa.
Celebro sim, os anónimos, gente de todos os dias, sem calendário marcado.Esses são os que nos dão o testemunho activo e humilde.
E que, um dia, esperando mais ou menos tempo de Deus, todos possamos ser Santos anónimos!