Convite a quem nos visita

terça-feira, 8 de março de 2011

A Luz que Vem das Pedras

Nota da redacção: Uma bela homenagem à mulher para que o saiba ser em todos os momentos. Embora estes dias mundiais tenham muito que se lhe diga, às vezes, servem para exorcizar os esquecimentos dos restantes dias do ano e para dar algum impulso a algum comércio agonizante sob o domínio da crise. Porém, apesar de tudo, deixo aqui o meu contributo a todas as mulheres que não abdicam da sua feminilidade por nada deste mundo. Essa ascensão é um bem extraordinário e revela a riqueza sublime da humanidade...
A luz que vem das pedras, do íntimo da pedra,
tu a colhes, mulher, a distribuis
tão generosa e à janela do mundo.
O sal do mar percorre a tua língua;
não são de mais em ti as coisas mais.
Melhor que tudo, o voo dos insectos,
o ritmo nocturno do girar dos bichos,
a chave do momento em que começa o canto
da ave ou da cigarra
— a mão que tal comanda no mesmo gesto fere
a corda do que em ti faz acordar
os olhos densos de cada dia um só.
Quem está salvando nesta respiração
boca a boca real com o universo?
Pedro Tamen, in "Agora, Estar"

3 comentários:

tukakubana disse...

Obrigada pela homenagem que faz ao monumento que é a Mulher:suporte de todas as alegrias e tristezas, descriminada, violentada mas sempre LIBERTA...

José Luís Rodrigues disse...

Obrigado pelo seu comentário Tukakubana. O melhor da criação é a mulher e até Deus reconhece isso... Parabéns a todas as mulheres pelo lugar insubstituível que Deus lhes concedeu no quadro da Criação.

Mari Amorim disse...

Ser mulher é ser especial,
amiga
Quero abraça-la,e agradecer o carinho e a amizade,neste dia tão especial,seja feliz!
Boas energias,paz,saúde,e luz,
beijos poéticos
Mari