Convite a quem nos visita

quinta-feira, 10 de maio de 2018

Deus é tudo em todos

«Pão quente da Palavra» para o domingo da Ascensão
O que é a Ascensão de Jesus? - Tem a ver com a ideia difundida em todo o Evangelho, «Jesus subiu aos céus». Quer isto dizer o seguinte: «Jesus ressuscitou, foi glorificado e entrou na glória de Deus». Por outras palavras diríamos que Jesus voltou de onde tinha vindo, mas não nos deixa sós e abandonados, tornou-se nosso advogado: «Nunca mais estamos sós: guia-nos o Senhor crucificado e ressus­citado; connosco estão muitos irmãos e irmãs que no silêncio e no escondimento, nas suas vidas de família e de trabalho, nos seus problemas e dificuldades, nas suas alegrias e esperan­ças, vivem quotidianamente a fé e levam ao mundo, juntamente connosco, o senhorio do amor de Deus, em Cristo Jesus ressuscitado, subido ao Céu, nosso advogado» (Papa Francisco). 
O mistério da Ascensão, é o momento em que Jesus volta à casa do Pai, mas é também o momento em que toda a humanidade com ELe e Nele se vê elevada ao mais alto da dignidade. Isto é, em Jesus elevado ao céu toda a humanidade é tomada por Deus para se divinizar. E com esta ideia fica confirmada a palavra de Santo Ireneu quando diz o seguinte: «Em Jesus, tornamo-nos todos deuses». Parece forte esta expressão, mas revela-nos a densidade do amor de Deus encarnado na história concreta do mundo. Por isso, mais claro se torna para nós a visão de São Paulo: «Aquele que preenche tudo em todos». O todo de Jesus torna-se oferta para tudo e todos. Desta forma, participamos efectivamente da divindade de Jesus e tomamos parte da mesa do banquete da plenitude da graça que Deus concede a todos os que se deixam envolver pelo Seu amor.

Sem comentários: