Convite a quem nos visita

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Comentário à Missa do Próximo Domingo

Domingo XXXIV Tempo Comum, Cristo Rei
21 de Novembro 2010
Jesus também é rei
A realeza de Cristo, é totalmente diferente daquela que é assumida e exercida pelos reis deste mundo. Como podemos reparar Cristo não é em nenhum momento um rei todo-poderoso, rodeado de exércitos ávidos de combate e de poder. Pelo contrário, dirá com veemência: «o Meu Reino não é deste mundo». Antes, é o rei dos famintos, dos que têm sede de justiça, dos peregrinos, dos sem roupa, dos doentes e dos presos.
Ele é rei. Mas um rei que não se coaduna com as injustiças sociais, pessoais e institucionais. O Seu trono é uma cruz. A sua morte na Cruz é o resultado da sua acção contra tudo o que não promove a dignidade da vida e do amor entre os homens. É o preço a pagar pela sua radical preferência pelos desafortunados deste mundo.
Jesus é rei de um reino outro, onde o entendimento entre todos emerge como o resultado da fraternidade e da partilha. O reino de Jesus não está de acordo com a mentalidade da cultura onde predomina o mais forte sobre o mais fraco. Neste reino, não podem existir pacificamente os lugares da morte e do sofrimento nem podem ser tolerados os caminhos da pobreza e da miséria. Se ainda existem, então, será necessário fazer surgir outros valores e outros caminhos que proporcionem o bem-estar igual para todas as pessoas. Eis o reino do bem comum.
Somos todos chamados não a zombar de Jesus, como fizeram os descrentes do seu tempo, mas a acolher com verdade e sinceridade que é possível mudar as coisas do mundo. Cada um é chamado a procurar no lugar da sua existência formas e modos de encarar as relações com os seus semelhantes de forma mais humana e mais cristã.
Neste sentido, é urgente deixarmos que o nosso coração não seja tão ávido de poder e domínio. E melhor será para a felicidade se facilmente aprendermos que o rei que parece morrer à mão dos algozes da sociedade judaica, está vivo e reina no coração de muitos homens e mulheres que sabem conduzir as suas acções pela disponibilidade, a simplicidade e a humildade. Cristo é o rei da vida para todos.
JLR
A imagem é de: realezadecristo.blogspot.com

4 comentários:

José Ângelo Gonçalves de Paulos disse...

Padre José Luís o seu texto é uma maravilha na abordagem que faz aos problemas de mundo e que, quanto a mim, interpelam uma igreja que se quer pobre mas, que, é, infelizmente, rica de poderes físicos e juridistas que nada tem a ver com o Cristo que o meu Amigo e Irmão nos apresenta. O Salvador ùnico da Humanidade decaída e decadente. Dizia Teilhard Chardin "tudo se eleva para o Alto" Ele próprio que foi outro Cristo caído pelo marasmo de uma igreja vetusta, sumptuosa , prepotente, ansiosa por cobiçar tudo e todos . Cristo Rei é o mais súbdito de todos nós. A sua Realeza está patente nos homens e mulheres que perderam emprego; abandonados pelo rei actul que é o "vil metal" esse rouba-nos tudo e transforma a sociedade numa selva.Estamos desorientados. Vem SenhorJesus!

Marilu disse...

Querido amigo, seus textos são sempre de profunda reflexão. Adorei. Beijocas

tukakubana disse...

Às vezes penso se Jesus se gostaria de assim ver retratado, com coroa, ceptro, trono....E o meu coração leva-me à negativa pela positiva igualitária que Ele nos trouxe, tornando-se Irmão mais velho!

Maria-Portugal disse...

A realeza de Jesus é diferente da do mundo,mesmo que se manifeste no mundo.

Por isso foi coroado sim,mas de espinhos ...espinhos da Sua doação total ao Pai e a nós,aos mais pequenos de nós...

Quem puder veja o filme "dos Homens e dos Deuses"...diz-nos muito sobre o Reino de Jesus a acontecer entre nós