Convite a quem nos visita

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Convite a nos centrarmos na verdade


Manifesto contra a poluição informativa que hoje nos convida à idolatria...
Santa Teresa Benedita da Cruz [€dite Stein] (1891-1942) carmelita, mártir, co-padroeira da Europa
Poesia de Pentecostes 1937
"É bom para vós que eu parta porque, se não partir, o Paráclito não virá a vós"

Quem és tu, doce luz que me enches
e iluminas as trevas do meu coração?...
És o Mestre da obra,
o construtor da eterna catedral
que se eleva desde a terra ao Céu?
Tu dás vida às suas colunas, que se erguem,
altas e rectas, sólidas e imutáveis (Ap 3,12).
Marcadas pelo sinal do Nome divino e eterno,
lançam-se para a luz e suportam a cúpula
que termina e coroa a santa catedral,
a tua obra que abraça o universo inteiro:
o Espírito Santo, Mão criadora de Deus!...

És tu o doce cântico do amor
e do sagrado respeito que ressoa sem fim
à volta do trono da Trindade santa (Ap 4,8),
sinfonia em que ecoa
a nota pura dada por cada criatura?
O som harmonioso,
o acorde unânime dos membros e da Cabeça (Ef 4,15),
no qual cada um, no auge da alegria,
descobre o sentido misterioso do seu ser
e o deixa brotar em gritos de júbilo,
livre e participante no seu próprio jorrar:
Espírito Santo eterno júbilo!

Sem comentários: