Convite a quem nos visita

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Deus perante o bem e do mal

Para início de semana em força...
Pensamento fresquinho do Papa Francisco. Ontem dia 20 de julho na oração do Angelus na Praça de São Pedro, Vaticano.

“Nós às vezes, temos muita pressa em julgar, classificar, colocar os bons de um lado e os maus do outro. Lembrem-se da oração do homem soberbo: Deus, eu te agradeço porque sou bom e não sou como aquele que é mal. Deus, ao invés, sabe esperar. Ele olha no campo da vida de cada pessoa com paciência e misericórdia. Vê muito melhor do que nós a sujeira e o mal, mas vê também os germes do bem e espera com confiança que amadureçam. Deus é paciente, sabe esperar. O nosso Deus é um pai paciente que sempre nos espera e nos espera para nos acolher e nos perdoar”, exortou ainda o Papa Francisco.
“Graças a esta esperança paciente de Deus a mesma cizânia, ou seja, o coração mal, com muitos pecados, pode se tornar boa semente. Atenção: a paciência do Evangelho não é indiferença ao mal; não se pode fazer confusão entre bem e mal. Diante da cizânia presente no mundo o discípulo do Senhor é chamado a imitar a paciência de Deus, alimentar a esperança com o apoio e a confiança inabalável na vitória final do bem, que é Deus”, disse o Pontífice aos milhares de fiéis presentes na Praça de São Pedro.

1 comentário:

José Ângelo Gonçalves de Paulos disse...

Está só! Sozinho. Tenho pena do Homem. Está no seu " Gólgota"! Ninguém o compreende. Só aqueles a quem ele lhes leva o PÃO. Bem-haja, meu Amigo, Pe. José Luís Rodrigues.