Convite a quem nos visita

sexta-feira, 22 de julho de 2016

O silêncio de Deus

Reflexão sobre a Palavra de Deus deste domingo XVII do Tempo Comum. Pode servir a quem vai à missa, mas não só...
O que verdadeiramente não serve para nada, é viver no egoísmo desenfreado e na loucura do conflito com os outros para conseguir muitos bens e muita riqueza. O importante é procurar para si e para os outros o «pão de cada dia». A sobrevivência não depende da procura louca, mediante o egoísmo e a inveja para ter muita fortuna, mas depende da vivência dos valores do reino de Deus, isto é, na procura diária pela subsistência sem prejudicar ninguém. E mesmo assim, com tudo o que fazemos, deve estar presente a principal preocupação, estamos edificar o mundo e a vida para o bem dos nossos semelhantes. É a preocupação com a justiça e o bem comum
De que vale ter muita riqueza se isso muitas vezes custou a perda da saúde, a exploração dos outros, a falta de escrúpulos em relação à aptidão para o roubo, a mentira foi o outro «pão» de cada dia, a luta agressiva contra os outros foi o caminho mais assumido, a irresponsabilidade tornou-se a lógica mais vivida, a destruição crua dos bens da natureza que pertencem a todos tornam-se um hábito irremediável, o viver sem pensar em valores e centrado apenas na dimensão material da existência comanda a vida de muita gente... A humanidade anda desarranjada, doente, violenta e semeia o sofrimento e a morte por todo o lado.
A oração, segundo Jesus, pode libertar-nos de tudo isto com a ajuda de Deus e faz-nos ter consciência que afinal o que precisamos para ser felizes basta «o pão nosso de cada dia». Nisto consiste se revê o pensamento de Platão: «O que o homem pode fazer de melhor para a sua felicidade é pôr-se em harmonia constante com Deus por meio de súplicas e orações». Ainda há tantos que têm vergonha de parar para rezar ou simplesmente procurar no silêncio as melhores palavras e atitudes para urdir a vida no essencial. Deve ter sido isso que fez pensar Leonardo da Vinci com esta ideia: «as mais lindas palavras de amor são ditas no silêncio de um olhar». Deve ser por isso que na oração sincera o olhar de Deus fala tanta!

Sem comentários: