Convite a quem nos visita

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Se eu Fosse um Padre


- Ora nem mais,  coisa que fazemos às vezes...

Se eu fosse um padre, eu, nos meus sermões,
não falaria em Deus nem no Pecado
- muito menos no Anjo Rebelado
e os encantos das suas seduções,
não citaria santos e profetas:
nada das suas celestiais promessas
ou das suas terríveis maldições...

Se eu fosse um padre eu citaria os poetas,
Rezaria seus versos, os mais belos,
desses que desde a infância me embalaram
e quem me dera que alguns fossem meus!
Porque a poesia purifica a alma
... a um belo poema - ainda que de Deus se aparte -
um belo poema sempre leva a Deus!

Mário Quintana

1 comentário:

Silvia Figueira disse...

Ora nem mais! E quem diz padre, diz catequista! Um poema, uma história, uma canção,um filme,uma atividade, uma experiência, uma simples contemplação comos olhos do coração, um gesto, muitas vezes realizam milagres em nós.Palavras e mais palavras, não convencem, nem convertem ninguém.