Convite a quem nos visita

terça-feira, 5 de junho de 2018

Vamos rezar juntos

César e Deus. Dinheiro (poder) e religião. Um tema complexo, que Jesus arrumou de forma simples e prática perante as investidas dos fariseus. Para os laicistas fé e religião, é um assunto privado sem lugar na vida social. O dinheiro a par do poder que ele confere é da vida social, sem religião e muito menos com fé. Pode ser que por isso tenham vindo todas as consequências desastrosas para as sociedades que nós já conhecemos e, infelizmente, não raras vezes experimentamos. Os teístas fanáticos, submetem todos os poderes à autoridade dos princípios religiosos. Também esta visão quando praticada, já nos deu a conhecer as piores barbaridades para o mundo e para humanidade. Para Jesus, os poderes religioso ou outro, não se opõem a Deus, reconhece a autonomia de cada um. O poder da fé e todos os outros poderes, estão ao serviço da vida para todos e, por conseguinte, de Deus, que é a vida e está na existência da criação inteira. Por fim, aos cristãos deve-se exigir que sejam os melhores cidadãos, que nunca se envergonhem nem se inibam de marcar todos os poderes com os valores de Deus. Tudo o que é justo merece respeito, nessa medida, todos os poderes, cada qual no seu domínio, devem convergir para a prática da justiça e do Bem Comum. 

Sem comentários: